• kikoms

Bancos fechados provocaram discussão entre presidente do BC e governador do DF



Mal foi divulgada a decisão do governo do Distrito Federal de proibir o atendimento público nas agências bancárias da capital, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que é do tipo calado, passou a mão no telefone e, falante, tentou “enquadrar” o governador Ibaneis Rocha, autor da iniciativa. O chefão do BC acabou ouvindo mais do que falando. A informação é do jornalista Cláudio Humberto.


A alegação de Campos Neto era de que só ele teria o poder de proibir o atendimento público de bancos. Parecia não ter lido o decreto de Ibaneis.


O governador, advogado e ex-presidente da OAB-DF, listou as leis que o obrigam a agir no combate ao Covid-19, sob pena de responsabilização.


Ibaneis teve de explicar a Campos Neto que o seu decreto não proibiu as agências bancárias de abrirem, apenas de fazerem atendimento público.


A conversa subiu de tom quando Ibaneis desafiou o BC a tentar anular o seu decreto na Justiça. E lembrou que fez o que o BC deveria ter feito.



0 visualização
728X90.gif

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 Blog Kiko Cangussu