Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 Blog Kiko Cangussu

  • kikoms

Harvey Weinstein é condenado a 23 anos de prisão



Harvey Weinstein, de 67 anos, foi condenado a 23 anos de prisão, anunciou nesta quarta-feira o juiz da Suprema Corte americana James Burke. O americano foi um produtores de cinema mais influentes de Hollywood. A pena máxima para os crimes de Weinstein era de 29 anos de prisão.


Em 24 de fevereiro, Weinstein foi considerado culpado por agredir sexualmente a ex-assistente de produção Mimi Haleyi e estuprar a ex-aspirante a atriz Jessica Mann. A decisão foi recebida como uma vitória do movimento #MeToo contra o assédio sexual.


Weinstein e as seis mulheres que testemunharam contra ele estavam no tribunal. Antes de ser setenciado, Weinstein se dirigiu à corte e disse sentir "profundo remorso". O produtor, no entanto, criticou o movimento #MeToo e disse que "esta não era a atmosfera certa para os Estados Unidos da América".


"Estou completamente confuso. Acho que os homens estão confusos em relação a tudo isso... esse sentimento de que milhares de homens e mulheres estão perdendo o direito ao devido processo legal. Me preocupo com este país", afirmou.


As vítimas também fizeram declaraçãos à corte. Jessica Mann, que testemunhou que Weinstein a estuprou ao longo de seu relacionamento abusivo com o produtor, frisou o impacto deixado pelo abuso.


"Eu não sei como explicar o horror de ser estuprada por alguém com poder. O impacto na psique é profunda. Estupro não é apenas um momento... é para sempre", ressaltou.


Em uma declaração emocionada no tribunal, Mimi Haleyi falou do trauma que sofreu desde o ataque, dizendo: "Isso me assustou profundamente, mental e emocionalmente, talvez irreparavelmente, talvez para sempre". Ela disse que os últimos dois anos foram "extremamente estressantes" e que ficou aliviada ao saber que Weinstein agora saberia que ele não estava acima da lei.




(Reuters)

9 visualizações
728X90.gif