• kikoms

Nova pista de atletismo e Guanandizão reformado, capital atrai a atenção de grandes eventos



Campo Grande pode sediar a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude 2020. Membros do Comitê Olímpico Brasileiro já estão na Capital para vistoriar ginásios esportivos e locais que possam receber os atletas e organização do evento. Eles visitaram, na manhã desta quarta-feira (4), o prefeito Marquinhos Trad.


“Nossa cidade está cada vez mais preparada para receber estes grandes eventos. Nossos investimentos, além de possibilitarem melhor condição de treinamento para nossos atletas, atraem grandes eventos nacionais, que acabam gerando renda, movimentando nossa economia. Com a vinda dos Jogos Escolares Brasileiros, nós receberíamos sete mil pessoas, o que seria muito bom para nossa rede de hotéis, restaurantes e comércio em geral”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.


A Capital ganhou atenção nacional com a nova pista internacional de atletismo, inaugurada em fevereiro em Campo Grande, e com a reforma do Guanandizão, que receberá a Liga das Nações de Voleibol, trazendo a seleção brasileira de volta a Campo Grande.


A dedicação ao esporte e lazer garantiu, por exemplo, a volta da Stock Car, com o retorno das etapas na Capital após quatro anos, e a largada do segundo maior rally do mundo e o maior das Américas, o Rally dos Sertões, pela primeira vez, em 27 anos.


O gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito,  apresentou projeto dos Jogos, detalhando os principais critérios para a definição das sedes. Dentre os critérios, estão garantias governamentais de atendimento ao caderno de encargos, cessão dos locais de competição, que é composta por 10 ginásios, uma piscina olímpica e uma pista de atletismo, além do centro de convenções, disponibilidade de leitos da rede hoteleira e meios de transporte para deslocamento interno.


“A relação institucional é um dos pilares para a constituição dos Jogos, um evento de grande proporção, que atende mais de sete mil pessoas em 15 dias”, destaca Saito.

Segundo o COB, mais de R$ 35 milhões são injetados anualmente de forma direta na economia local. A rede hoteleira é um dos principais setores beneficiados, com a comercialização de aproximadamente 40 mil diárias. Em Blumenau-SC, no ano passado, o Centro de Convivência dos Jogos serviu quase 90 mil refeições a cerca de sete mil credenciados.


A etapa nacional ocorre anualmente em novembro e tem duração de 15 dias, reunindo alunos-atletas de 12 a 17 anos de todas as unidades federativas do país. As modalidades participantes são atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia, luta olímpica/wrestling e xadrez.


Nesta primeira visita técnica do Comitê Olímpico do Brasil (COB), a equipe ainda visitará o Centro de Formação de Atletas – Professora Rose Rocha (Cefat), O Ginásio Moreninho, o Rádio Clube Campo, Funlec, Colégio Dom Bosco, entre outros. Na tarde de ontem, a equipe também vistoriou o Centro Municipal de Treinamento Esportivo – CEMTE e o Albano Franco.




(CGN)

0 visualização
728X90.gif

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 Blog Kiko Cangussu