Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 Blog Kiko Cangussu

  • kikoms

Portugal confirma primeiro caso de coronavírus



Portugal registrou o primeiro caso de coronavírus no país. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela ministra da Saúde portuguesa, Marta Temido. A vítima, um homem de 60 anos, viajou recentemente ao Norte da Itália, o principal epicentro de Covid-19 na Europa.


Marta Temido afirmou, ainda, que um segundo caso, referente a um homem de 33 anos que esteve em Valencia, na Espanha, é investigado. O país vizinho já registrou 83 casos da doença, entre eles o famoso escritor chileno Luiz Sepúlveda, que reside no Norte do país.


Ambos estão internados na cidade de Porto e o estado de saúde deles é considerado estável. Pessoas que estiveram com os dois pacientes serão examinadas e acompanhadas pelas autoridades médicas, informou a ministra. O paciente suspeito já teria recebido um diagnóstico positivo, mas aguarda o exame da contraprova.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, disse ao veículo português Público que a chegada da doença ao país já era esperada.


— Isso é a chamada notícia esperada há muito tempo. Era de estranhar que não houvesse nenhum caso em Portugal. Agora, não se deve entrar em alarmismos — disse Rebelo de Sousa, enfatizando que os casos tiveram origem fora do território português.

O caso do homem que viajou à Itália é o primeiro a ser registrado em Portugal, mas dois cidadãos portugueses já haviam sido diagnosticados com Covid-19. Um homem chamado Adriano Maranhão, de 41 anos, contraiu o novo coronavírus a bordo do cruzeiro Diamond Princess, e ficou internado no Japão até o último final de semana, segundo o Público.


A segunda vítima não teve detalhes divulgados pelas autoridades. O sigilo partiu de um pedido do próprio paciente. O contágio, no entanto, ocorreu no exterior.Os dois novos casos fazem de Portugal o 31º país europeu a ser afetado pelo novo coronavírus. Além de Espanha e Itália, a Covid-19 também chegou à Alemanha, Suíça, Andorra, Áustria, França, Suécia, Reino Unido, Holanda, San Marino, Mônaco, Croácia, Grécia, Finlândia, Noruega, Dinamarca, República Tcheca, Geórgia, Islândia, Romênia, Bélgica, Rússia, Belarus, Armênia, Azerbaijão, Estônia, Irlanda, Lituânia e Macedônia do Norte.




(Reuters)

13 visualizações
728X90.gif