Abrão Razuk se despede do TRE/MS após completar seu segundo biênio na Corte como membro da advocacia

November 6, 2019

 

Com 50 anos de advocacia, sendo o primeiro Juiz Membro da classe jurista a exercer a presidência em duas ocasiões, Abrão Razuk deixou nesta terça-feira (05) o Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TRE/MS).

 

Na sessão de despedida, após dois biênios como Juiz Efetivo do Tribunal, foi elogiado pelos colegas. “Uma justa homenagem aquele que com tanta dedicação trabalhou com denodo, imparcialidade e servindo como modelo de magistrado para todos nós mais jovens”, disse o Presidente do TRE/MS, Desembargador João Maria Lós.

 

O Juiz Eleitoral Daniel Castro falou em nome do Tribunal. “Um juiz de talento ímpar e intensa vida profissional acadêmica, além de Professor e advogado militante há mais de 50 anos, membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. Com seu carisma e inegável simpatia contribuiu para o convívio fraterno neste Tribunal. Ao longo deste período, sempre demonstrou seu inabalável compromisso com os desígnios morais e éticos que vincula a conduta juiz e o ato julgador. Sempre com denodo, dedicação e prudência, próprias de um magistrado com a experiência adquirida ao longo de uma carreira brilhante sempre pautada pela máxima de viver honestamente. Cumpriu com galhardia sua trajetória. Vossa excelência desempenhou um excelente trabalho nesse Tribunal. Agradeço pelos anos de convívio”.

 

Ao fim da sessão, Doutor Abrão foi agraciado com a Medalha do Mérito Acadêmico Eleitoral pelo trabalho realizado em prol da Justiça Eleitoral.

 

 

Emocionado, aos 79 anos, Abrão agradeceu a todos pela homenagem. “Que alegria e que prazer a convivência que eu tive com essa digna Corte. Parece que cumpri com meu juramento de posse vindo para somar, respeitei os princípios constitucionais ao devido processo legal, o princípio da inocência, da ampla defesa com independência e imparcialidade.  Procurei ao máximo tratar a todos com urbanidade, juízes, advogados, procuradores e servidores. Minha homenagem a nossa Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul, na pessoa do seu Presidente Mansour Elias Karmouche e sua Diretoria. Creio que cumpri meu juramento de posse. Nas palavras do apóstolo Paulo, combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé”.

 

Aquele que sempre sonhou em fazer direito e seguir a carreira jurídica, Abrão finalizou parafraseando Rui Barbosa: “Estou muito feliz, deixo a toga e volto a vestir a minha beca. Ambas são serviços essências da justiça. Ambas se entrelaçam. Diversas funções, mas idêntica no objeto e na resultante: a Justiça”.

 

Razuk foi Conselheiro Estadual da OAB/MS e Vice-Presidente do TED, além de ter sido agraciado com a Medalha Heitor Medeiros, comenda máxima da entidade.

 

 

 

(Asscom-OAB/MS)

Please reload

RSS Feed